Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estórias na Caixa de Pandora

Pois que não é gripe, nem constipação nem início de faringite ou laringite

Mas é uma -ite. Rinite alérgica.

Tudo aponta para o Ar Condicionado como origem, até porque quando não estou no escritório começo a aliviar os sintomas, ou quando o AC está desligado, eu estou bem. Ligam o AC e pouco depois sinto-me entupida e começa a tosse.

Agora tenho de andar a snifar corticóides e tomar anti-histamínico. 

Espero que fique limitada ao ar condicionado e não aos pelos de animais (havia de ser bonito, toda a minha vida vivi com animais e agora é que me ia tornar alérgica), ao pólen e ácaros e todo um conjunto de fatores que pode provocar rinite alérgica. 

 

A ver se é desta que deixo de andar fanhosa, a tossir como se me fossem sair os pulmões pela boca, com os olhos a lacrimejar, sensação de garganta a picar e ouvidos tapados. Ando há dois meses nisto. Irra!!!!

 

Foi-se o casaco

Devolvido!

Ficava bem nos ombros, nas mangas, mas o meu metro e meio (com mais 5 cm de bónus, e não é dos saltos) não era o indicado para o comprimento do casaco.

Voltemos à estaca zero na demanda pelo sobretudo de inverno, mas palpita-me que é odisseia que deixarei para o próximo inverno.

 

Até porque aqui a menina vê sol pela manhã, calça as sabrinas toda contente e agora olha pela janela, para a chuva intensa que cai, e suspira pelas botas que ficaram em casa.

 

Não preciso de um sobretudo. Preciso de um fato de mergulho.

 

 

A culpa é dos gatos

Ontem a aula de dança foi puxada. 

Cheguei a casa e ainda estive de volta de matéria para explicações. 

Tomo banho, visto o pijama, bebo uma chávena de leite quente e penso com os meus botões: ainda vejo o episódio desta semana do Sob Suspeita (suspiro pelo Jim Caviezel).

Pois sim. Manta em cima de mim, gatos em cima de mim, antes do primeiro intervalo já eu dormia.

 

 

Pág. 1/4