Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estórias na Caixa de Pandora

A odisseia de Pandora

Hoje tinha marcada a minha sessão de depilação a laser. Tinha feito em fevereiro, pelo que era tempo de fazer aqui uma manutenção, isto, claro, se já estivesse um solzinho que permitisse pôr os pés e as pernas ao léu, para começar a apanhar ar e uns raios de sol.

Pois que hoje, meia fanhosa de estar constipada, encasacada porque de manhã chovia quando saí de casa, e ainda por cima molhei-me porque esqueci-me do guarda-chuva, eis que lá vou eu para os preparativos da época balnear, que não se vislumbra no horizonte e é meramente miragem. Avisam-me que estão com algum atraso, pelo que se quisesse ir dar uma voltinha, podia ir. Ora, o centro comercial é mesmo ali ao lado, e lá fui eu, toda gaiteira, averiguar os biquínis que tinha assinalado.

Primeira paragem, Oysho, para ver o que estava como preferido. Lá vou eu toda saltitante para os provadores, crente que aquilo ia assentar que nem uma luva. Pois que não. Ou melhor, a tanga assentou espetacularmente bem, a parte de cima, nas copas, perfeito. O problema foi a parte de trás. Aquilo são elásticos. Apertam. E ao apertarem bem as carnes o que resulta dali? Banhas bem marcadas. Ah e tal um tamanho acima e talvez o elástico não apertasse tanto. Eventualmente. Mas teria de pôr umas meias nas copas para encher, não? Paciência. Havia mais dois para ir ver.

Lá vou eu, pimpona, à Tezenis. Pois que experimento um, experimento o outro, e oh que espetáculo, assentam que nem uma luva, eu sou mesmo pelintra, que só me fica bem o que é mais barato, e ora volta ao primeiro, ai tão fofinhas as flores, e volta ao segundo, o padrão afro-étnico é mesmo lindo, e agora, eu tenho dois biquínis, que em nada são iguais, mas não tenho a certeza, de qual eu gosto mais... e veste e despe, e põe um ao lado do outro, e era eu ser maluca e levava era os dois, mas pá, ainda há dias comprei e tenho três novos em casa, e ai ai ai e pronto... não há amor como o primeiro, o escolhido foi...

biquíni_afro_tezenis.jpg

Critérios de seleção: ora, se já tenho um estampado com cornucópias em tons rosa velho, se tenho outro em preto e branco, e outro em branco e amarelo... caramba, venha o mais colorido, que o verão quer-se é com cores quentes.  

A quem possa interessar, biquíni da Tezenis, 9,90€ cada peça, dentro deste padrão há vários modelos, todos combináveis entre si. A coleção de biquínis este ano está uma delícia, cores e padrões muito bonitos, variedade de modelos à escolha, combináveis entre si.

Isto poderia ser publicidade, mas não é, porque paguei o biquíni, e não me dão nada para eu estar aqui a gabar a coleção ou a marca. É meramente a minha experiência nesta procura de biquínis, o que fui gostando, o que fui experimentando, o que ficou bem, o que não ficou. Cada corpo é um corpo, nisto o melhor é SEMPRE experimentar, e como já referi, sou pelintra dos quatro costados, porque mesmo quando até estou disposta a pagar mais por um biquíni, o dito não me fica bem. Vou aos baratos, e assentam que é um mimo. 

Ah e tal também podia ter esperado pelos saldos. Poder até podia, mas o risco de depois não encontrar o que queria no meu tamanho é grande, e como não aderi ao nudismo e estava mesmo sem biquínis, lá fiz o investimento. Se em saldos apanhar aquele das florzinhas a metade do preço (coisa para ser 4,50€ cada peça), quiçá aumento a coleção (e juro a pés juntos para o ano não comprar biquínis, assim tipo decisão de ano novo).

Dou por concluída a odisseia dos biquínis, já que tive de refazer todo o meu stock privado. Quatro chegam, não chegam? Só falta mesmo é o sol e o calor e tal. Dava jeito. 

 

2 comentários

Comentar post