Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estórias na Caixa de Pandora

As prendas de Pandora

IMG_20161215_222915.jpg

Eu tinha pensado deixar as prendas que fosse recebendo para abrir dia 24 à noite, ou 25. Pois. Tinha pensado. Ficou só no plano do pensamento.

Não que já tenha recebido muitas, foram três. A primeira chegou por correio e eu segurei-me. Aliás, a doce m-M até estava preocupada porque eu não lhe dizia nada.  

A segunda veio com o abraço e o jantar de natal antecipado com uma amiga. Obviamente abrimos as prendas, afinal, era o nosso jantar de natal, certo? E ela surpreendeu-me com este livro, que já andava na minha wishlist na WOOK, e aquele marcador de livros em forma de folha, que é lindo. E para o pack ser completo, uma caneca com corujinhas, coisa mais fofinha, não tirei foto, prá próxima. O livro já foi meio devorado, já fiz uma tabela com um resumo do plano de toma de chás para auxiliar na perda de peso ou redução de inchaço / perda de líquidos (eu sou a retenção de líquidos em forma de gente), e um resumo de chás e seus benefícios. Vai para a porta do meu frigorífico. A maior parte dos chás eu já os tenho em casa. Agora sei exatamente como tomar e o que tomar consoante o que pretendo. Calha bem, porque todo o meu aparelho digestivo, principalmente a parte intestinal, é problemático e dá-me muitas dores de "cabeça".

Curiosamente na semana passada, na consulta da nutricionista, avisei-a que consulta só para janeiro, que ia começar o périplo de jantares de natal. Aconselhou-me a tomar chá de funcho para ajudar na parte do inchaço abdominal e flatulência. E a verdade é que os "abusos" alimentares já começaram, e eu ando impecável. Sem aquele incomodativo inchaço abdominal, como se andasse com uma barriga de grávida de três meses. Claro que tenho de ajudar com o sistema nervoso. Nada de crises de ansiedade e nervos à flor da pele, o que se torna difícil com a persona sogra a surgir das sombras, mas vá, sou mais forte que isso. Respira e não pira, Pandora.

Retomando as prendas. A terceira veio do amigo secreto das colegas da aula de cardio fitness. Também já fomos jantar todas, francesinha, pois claro, depois queimamos as calorias. Uma vez mais abrimos todas as prendas, nada de aguardar.

E nisto, olho para o envelope da m-M e que se dane, aí vai disto. Aberto! 

 

Ontem ia-me dando um ataque do coração quando o Gandhe decide ir à garagem e levar a chave do Smart. A prenda para ele anda na mala do carro há vários dias. É o karma. Eu tinha pensado guardar as prendas e abri-las no natal. Quem me manda andar a abrir antes? Foi por um triz que ele não descobriu a dele, que essa sim, só dia 24. Ou 25. Depende da noite em casa da santa sogrinha. Pena que o livro dos chás não tenha lá nenhum específico para aligeirar a azia provocada pelas sogras.

 

5 comentários

Comentar post