Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estórias na Caixa de Pandora

E ainda não mudei oficialmente de funções

E já estou sem horário de saída, que é como quem diz, ando a sair tarde, fora de horas, a faltar a compromissos e a deixar assuntos por resolver. 

A pilha de papelada para estudar cresce a olhos vistos, e estou em estado de quase pânico. 

A bem dizer, esta é a fase em que me sinto assustada, insegura, com um terrível medo de falhar todas as expetativas depositadas em mim. Esta é a fase em que preciso ser uma esponja com capacidade de ultra absorção, e ainda mal começou e já me sinto encharcada até à medula.

O meu quase ex chefe tem um discurso muito promissor, crente que vou superar expetativas, que vou apresentar resultados positivos e que isso será reconhecido e valorizado. Diz que é um dos motivos pelos quais me cedeu: saber que para onde vou tenho mais perspetivas de progressão de carreira.

E eu... pareço um ratinho à procura de um buraco para se enfiar e esconder. 

Vou ali ler o projeto de regulamento da entidade reguladora. 109 páginas de puro deleite (not really).

 

 

9 comentários

Comentar post