Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estórias na Caixa de Pandora

Os mesmos do costume

Não tenho férias desde Agosto, primeira quinzena. Gozei o dia 7 de dezembro por ter trabalhado um sábado, meti o dia 4 de janeiro de férias para tratar de assuntos pessoais. Não sei quando terei férias, ainda não se preencheu o mapa das férias, logo não sei o que os colegas vão escolher para coordenar férias do pessoal. 

Mas são sempre os mesmos a gozar férias nas mesmas alturas, as mais concorridas. Semana do Natal e Ano Novo, última quinzena de julho e primeira de agosto. 

Agora vem aí o Carnaval. Ainda não há certezas se é "feriado" para todos ou não. Ainda assim duas colegas já pediram o dia, uma porque tem o namorado em casa (engraçado, eu também), que nesse dia a empresa dá o dia, a outra porque tem os filhos (17 e 11 anos) em casa e o marido é provável que trabalhe. Se não houver feriado para todos, ficam os mesmos de sempre a trabalhar, para os mesmos de sempre poderem gozar os dias que todos gostariam de ter livres.

Eu sei que é só um dia. Mas para quem esteve de férias há um mês já estar a tirar dias, que dirão os colegas como eu, que não gozam férias há meses e chegam sempre por último se pensam na eventualidade de tirar o dia de Carnaval? Pois, eu sei. Culpa minha e dos outros idiotas que não se chegam à frente antes dos mesmos do costume.

 

 

2 comentários

Comentar post