Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estórias na Caixa de Pandora

Pandora, agora que se foram os saldos, como estamos de novas coleções?

Não estamos. A postura que tive nos saldos mantém-se, o que muito apraz a minha carteira. A única coisa que me fez brilhar os olhinhos e fazer abrir os cordões à bolsa foram o raio dos chanatos da Stradivarius, giros e baratos, que até entram na minha categoria do "não tenho nada que se assemelhe", mas quer o karma que eu não gaste dinheiro, e não há o meu tamanho (ínfimo, eu sei) disponível. 

Posto isto, não ando a babar pela coleção da Zara (coisa que também não ocorre há anos, um caso digno de X-Files), nem a febre pela campanha protagonizada pela Kendall Jenner (que é gira que se farta e mete as irmãs mais velhas no bolso), que ainda por cima é étnica, um estilo que eu adoro, me fez suspirar ou olhar duas vezes. Às tantas o problema é eu não ter um closet. É que o roupeiro não está a rebentar pelas costuras, mas está bem apetrechado para me fazer pensar que tenho muito para vestir e até devia deixar-me de tretas por vestir sempre o mesmo.

E isto até merece uma hashtag: #pandorapoucofashion

 

14 comentários

Comentar post