Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Estórias na Caixa de Pandora

Pandora, em modo duende natalício

Se fosse duende do Pai Natal eu seria despedida. Sou uma desgraça. Na quarta fui comprar caixas de correio verde. Grandes são, falta-lhes altura. (Só me apetece dizer asneiras).

Corri três lojas... nada de postais de natal. A sério, já não se vendem postais de natal, assim, em cartão, com envelope vermelhinho e tal? Não???? 

Finalmente fui à loja do demónio natalício e era ver-me a pegar em coisas, a ficar com os braços carregados de coisas, e volta atrás e compara, e tenta decidir, e não pode ser, levar aquilo tudo: eu era ursos, eu era bonecos de neve, eu era pais natal, eu era renas, eu era lanternas, eu era árvores de madeira com pinhas, ou para levar velas, eu era tipo polvo, a agarrar em tudo... Lá me decidi por quatro, sim, apenas quatro novos elementos decorativos: um pai natal, um boneco de neve, uma rena e um globo de vidro com figuras de madeira lá dentro, tudo da coleção Forest.

Cheguei a casa e... o globo caiu-me ao chão quando estava a levar as coisas para a sala. 

Respira Pandora. Assim podes sempre voltar à loja para trazer mais umas coisinhas. Sorrisinho malandro.

Lá fomos para o jantar de aniversário e o meu embrulho fez sucesso. A aniversariante ia tirando sacos, de uma loja, de outra loja, de outra marca, já não sabia quando acabava. Adorou o voucher da massagem, até porque mal acabe as mudanças de casa, é mesmo isso que ela precisa. 

Ontem lá arrastei o homem para vestir a casa de natal. Trazer árvore e caixa de decorações da garagem, montar arraial na sala, decorar a árvore, este ano com bolas douradas e vermelhas, distribuir outros elementos natalícios, e no fim, eu suspiro e digo, com olhinhos de bambi:

- Podia ir comprar mais umas coisinhas para a decoração...

- Para quê??? Isto já está tão cheio. - Gandhe a cortar-me as orelhas de duende natalício. - Além disso, se comprares mais coisas, tens de comprar uma caixa de arrumação maior, que essa já está atafulhada. - Gandhe a jogar baixo e a atingir-me em cheio na minha costela minimalista.

Logo vou fazer a minha última tentativa de encontrar postais de natal, se bem que já andei a cuscar e na net encontram-se sugestões bem interessantes. Ainda me faltam uns miminhos para amigos. A prenda do Gandhe não está totalmente decidida, mas será comprada online, de maneiras que, ho ho ho, começou oficialmente a época natalícia, eu olho para a minha agenda e rebolo com a quantidade de jantares que aí vêm (três dos quais são seguidinhos, assim, tau, sexta, sábado e domingo). Chego à noite da consoada e como só as couves.