Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estórias na Caixa de Pandora

Pandora, então esse fim de semana?

Começou na sexta à noite com uma saída com os amigos da dança. Eram quase 5h da manhã e eu a deitar-me.

Problema é que sábado de manhã era suposto acordar cedo e ir tratar de uma série de coisas. Não acordei na hora matinal prevista, mas também não foi muito depois disso. Portanto, dormir um par de horas fez de mim um panda zombie por todo o dia de sábado. De manhã tratei do que tinha a tratar, à tarde estava para tirar uma sesta e eis que estava na hora de ir lanchar com uma aniversariante, a quem eu tinha uns miminhos bem cheirosos para oferecer.

Regressar a casa ao fim do dia, ainda era cedo para tratar do jantar, mas se eu parava, era certo que adormecia em pé em menos de 2 segundos e meio. Então, fui passar a ferro. E não, não me queimei, nem queimei roupa, mas não me perguntem como consegui. Acabou por ser o Gandhe a tratar do jantar, e de ficar a arrumar a cozinha depois de jantar, e eu pensei que mal tomasse banho aterrava, qual quê? Despertei e ainda fui ver séries, enquanto esperava que a máquina lavasse para estender roupa.

Domingo. De manhã andei numa de fada do lar. Um assado de coxinhas de frango para estrear o forno novo, sopa de legumes para a semana, morangos para a sobremesa. Mas logo depois de almoço, montei acampamento no sofá e foi uma tardada com os gatos, Gandhe incluído. Ainda vi um filme, Hitman: Agente 47, e dois episódios da última temporada de Mentes Criminosas. Adormeci algures, lanchei, estive na ronha, e é este modo de preguiça ao domingo à tarde que tenho ativado nas últimas semanas. E têm-me sabido tão bem!

 

8 comentários

Comentar post