Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estórias na Caixa de Pandora

Sumo detox verde, ou como ia vomitando

A minha nutricionista, na última consulta, mandou-me fazer dois dias de detox verde. A primeira pergunta, em pânico, que lhe fiz era se ia passar o dia a sumos com couves (o filho da mãe do karma a fazer das suas).

Não. Os dois dias (seguidos) detox consistem em fazer o dito sumo verde ao pequeno almoço e a meio da tarde, a meio da manhã e o primeiro lanche da tarde uma peça de fruta verde (maçã, pêra, kiwi), almoço e jantar peixe com um legume verde.

Ah, respirei de alívio, se bem que quando vi a receita do dito sumo verde torci o nariz.

Ontem, empenhada no meu primeiro dia detox, faço o sumo para pequeno almoço: espinafres, kiwi, maçã, gengibre, pepino, água, sementes de chia... meto aquilo à boca e a primeira impressão foi: bebe-se. Mas a seguir foi pior. À medida que ia bebendo aquilo só me dava assim uma vontade indómita de vomitar verde.

Fónix, eu não matei ninguém. Quesafoda lá o detox. 

Hoje verde só o caldo verde que preparei no fim de semana. E com chouriço. 

 

7 comentários

Comentar post