Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estórias na Caixa de Pandora

Estórias na Caixa de Pandora

20
Fev14

Devo ser o Pessoa da blogosfera

Manter o perfil antigo activo está a dar comigo em doida. É andar sempre a mudar a sessão, depois comento com o perfil que estiver mais à mão.

Oh confusão!

 

 

P.S. À menina que comentou, peço desculpa por não publicar o comentário, mas é meramente por razões preventivas de segurança. Muito obrigada pela visita, volta sempre, mas sem referir a minha antiga identidade, combinado?! E obrigada à menina que gentilmente apagou os comentários que andei a fazer com os perfis trocados. Isto vai lá!

 

 

18
Fev14

Qual H&M, qual Zara

Modalfa!

Já viram a nova colecção da Modalfa?!

De b-a-b-a-r.

Tem peças giras. Básicas. Versáteis. Que se vestem sem fazer figuras tristes. Cores gulosas. E os preços?! Simpáticos para as pelintras (com muito gosto) it girls. 

 

E lamento informar, mas o Sô Belmiro não me pagou nem me deu nada para eu fazer publicidade. 

 

18
Fev14

It's a sunny day

Estou feliz!

Deve ser do sol que entrou cozinha dentro, sem se fazer rogado, enquanto eu tomava o pequeno-almoço.

Deve ser de ter recebido notícias da minha amiga que atravessa uma fase difícil por a mãe estar a lutar contra um cancro: a operação correu bem, o pós operatório foi doloroso, delicado, mas ao fim de duas semanas já veio para casa, sim, vai ter de fazer quimio mas está tudo a correr bem e as notícias são animadoras e eu fico feliz. E mais feliz fico quando a minha amiga diz que há muito que não se distrai e que precisa do meu abraço, da minha companhia e do meu riso. E vamos sair as duas logo à noite para eu lhe dar um abraço e rirmos juntas. E que saudades que tenho da minha amiga, que tem andado com a vida virada do avesso. E que feliz estou por a tempestade estar a passar e o sol começar a brilhar: no sentido literal e figurado.

 

17
Fev14

Ele e eu = Nós

Ele é alto. Eu sou baixa.

Ele calça 46. Eu 35.

Ele é todo virado para o desporto. Eu nem por isso.

Ele tem pés de chumbo no que toca à dança. Toda eu sou dançante.

Ele adora jogos de computador. Eu adoro ler.

Ele adora carne. Eu prefiro peixe.

Ele adora bacalhau. Eu dispenso.

Ele não é fã de legumes. Eu como legumes a todas as refeições.

Ele detesta carne de vaca mal passada. Eu adoro uma boa posta mirandesa.

Ele detesta caracóis. Eu adoro.

Ele adora sobremesas de chocolate. Eu nem por isso.

Ele adora baba de camelo, natas do céu. Eu prefiro pudim e cheesecake.

Ele gosta de azul marinho. Eu gosto de roxo.

Ele gosta de thrillers e terror psicológico. Eu prefiro uma boa comédia.

Ele gosta de carros grandes. Eu de pequenos.

Ele gosta de telemóveis grandes. Eu de pequenos.

Ele detesta salas de cinema. Eu adoro.

Ele só usa um perfume. Eu vários.

Ele odeia história. Eu adoro.

Ele não gosta de estudar. Eu adoro.

Ele é racional. Eu emotiva.

Ele é calmo. Eu fervilho.

Ele é caladão. Eu falo pelos cotovelos.

Ele detesta tatuagens. Eu ainda não tive coragem de fazer a minha.

Ele adora cabelos compridos. Eu uso o meu curto há 3 anos.

Ele adora unhas compridas. Eu roo as unhas (ou vou roendo) e não as consigo ter muito compridas.

Ele adora gin tónico e whisky. Eu caipiblack.

Ele gosta de vinho tinto. Eu só bebo branco (verde, de preferência).

Ele adora coca-cola. Eu detesto.

Ele mal bebe água. Eu praticamente só bebo água.

Ele gosta de campo e montanha e rios. Eu adoro praia e mar.

Ele adora croissants recheados com chocolate. Eu prefiro a bola de berlim.

Ele adora After Eight. Eu detesto.

Ele só compra pastilhas de menta. Eu de morango.

 

 

E com tantos opostos, continuamos juntos, vai para 10 anos. E no nosso S. Valentim foi isto que celebrámos: jantámos, no sábado, num dos nossos restaurantes preferidos: ele bacalhau, eu espetada de lulas; escolhemos um filme (nunca é fácil chegar a consenso), uma mistura de thriller e policial e enroscámo-nos no nosso sofá. Porque a maturidade da relação pode ter atenuado o fogoso estado de paixão inicial, mas trouxe a tranquila serenidade de um amor seguro, forte, que tem saído reforçado das crises e tempestades, das dificuldades e das diferenças. 

De tão diferentes que somos, temos conseguido encontrar o nosso espaço comum. Com alguns tombos e encontrões, mas continuamos assim, de mãos dadas, seguros no que nos continua a unir. 

 

 

Post editado.

 

13
Fev14

Ai que me deu uma coisinha má! Chiça penico!!

Que susto!
Decido-me a comprar o casaco. 
Acedo ao site: casaco esgotado.
AAAAAAAAHHHHHHHHHHH
Fico a remoer e a bater com a cabeça na parede. 
Mania de pensar 3 ziliões de vezes antes de gastar 50€ num (bom) casaco dá nisto: perder uma boa oportunidade de compra.
Inspira, respira.
Regressa ao site, só para confirmar.
Disponível. 
OI?????!!!!!
Compra, compra, compra.
Já está!!!!
Ufa!
13
Fev14

Últimos saldos (ai como mulher sofre)

Compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro, não compro, compro... 
12
Fev14

Tenho para mim que a culpa é do AC

Ando constantemente constipada, nariz entupido, tosse, ora seca, ora com expectoração. Sim, o Inverno está muito rigoroso, e frio e chuva e tudo aquilo que já não se aguenta. Mas o Ar Condicionado no local de trabalho deve contribuir para este meu permanente estado de entupimento nasal.

Arre... semana sim, semana não ando assim, entupida, com voz de Pato Donald e com acessos de tosse que temo sair-me um pulmão boca fora.

 

Ainda assim, palminhas, palminhas, recebi há pouco telefonema da empresa de Trabalho Temporário: o contrato vai ser prolongado, só ainda não se sabe por quanto tempo.

Mas vá, já dou pulinhos de alegria e dou graças por este prolongamento (mesmo com xaropes e lenços à mistura).

 

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pela estória de:

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D