Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estórias na Caixa de Pandora

Estórias na Caixa de Pandora

20
Jan16

Por aqui

Tem-se um dia cheio de trabalho.

Felizmente as dores de garganta dissiparam-se, ave santo Brufen.

Deixei maruca a descongelar com ideia de fazer assim uma cena toda pomposa em papelotes, mas o que me apetece mesmo, mesmo, mesmo é um belo de um ensopado de peixe, com tomate, pimento, camarão, e umas belas fatias de pão rústico embebidos naquele caldo. Ah, um bálsamo para a alma, um conforto para o estômago.  

É com alegria quase pueril que olho pela janela a esta hora e vejo que ainda há luz do dia, ainda não é noite cerrada. Ah, maravilha. Ganho logo outro animo.

Pronto, e agora que descarreguei as banalidades do dia, tenho de voltar ao trabalho. Falta pouco mais de meia hora para sair, e sinceramente não quero sair mais tarde para acabar o que tenho de acabar.

Fui!

 

18
Jan16

Eu cuspi no santo, só pode!

Há quase um mês sem aulas de dança, primeiro porque houve férias de natal, depois a professora adoeceu e há três semanas que não dá aulas, hoje, aproveitando a folga na agenda, fui com o Gandhe até à grande superfície comercial, aquela que diz que "eu é que não sou parvo" (não, que ideia), para saber o ponto de situação da minha prenda de natal (pelo andar da carruagem, deve chegar a tempo dos meus anos, em maio).

A ver: Gandhe ofereceu-me um tablet como prenda de natal, daqueles com teclado incluído, porque era mais prático para eu andar nos blogs. Tão querido, tão atencioso. Abri a prenda, fiquei estupefacta, mas depois só fiquei com a caixa na mão, porque ele pegou no dito cujo e vai de explorar e pôr-se a instalar merdas. Ora, isto é um pouco como aqueles pais que oferecem a PS4 aos filhos, mas na verdade quem brinca são eles, os pais. 

Adiante, quando finalmente meti mãos no bicho (tablet) e comecei a usá-lo, constatei que o teclado tinha problemas: algumas teclas não correspondiam ao que era suposto. Por exemplo, eu carregava na tecla Ç e no monitor aparecia ; e como este exemplo, mais havia. Além disso, percebi que o teclado no tablet só atrapalha e disse logo que se era para trocar, eu não fazia questão de teclado.

Escolhida outra marca, foi lá ele fazer a devolução do artigo com defeito, artigo esse que foi embalado e colocado na prateleira para outro parvo comprar, e foi solicitado um outro modelo, que não havia disponível na loja. Isto foi a 30 de dezembro. 

Hoje fomos lá, eu incluída, já numa de rodar a baiana, porque sinceramente, no mínimo já deviam ter informado o cliente se o modelo solicitado havia ou não e previsão de entrega. Ora pois que chegamos lá, atende-nos uma menina, que chama o colega que tratou da situação a primeira vez, o qual, por sua vez, se desmancha em desculpas dizendo que o assunto tinha ficado esquecido (valeu a sinceridade, ao menos), uma vez que ele passou à chefia, que é responsável pelas encomendas de material, chefia essa que havia ido embora e já não estava lá.

Bonito serviço. E fica aqui o parvo do cliente à espera, a ter de se deslocar à loja, outra vez, para ver se lhe resolvem o problema. 

Portanto voltamos à estaca zero: foi pedido um modelo, que dizem estar descontinuado. Deixou-se então referência de outro, e ficou a promessa de um feedback até ao final da semana.

É o que eu digo: recebo a prenda de natal lá pelos meus anos, em maio (já disse, não já?!).

 

18
Jan16

Deve achar que como limões à dentada ao pequeno almoço

Na semana passada lá foi o menino ter com sua mãezinha, pois já se sabe que para trabalhar/fazer favores/tratar das merdas da senhora, é ele que serve. Este fim de semana dei com um saco cheio de limões no frigorífico. Os outros estão numa fruteira. Intrigada com o aparecimento de limões no frigorífico, e tendo em conta que o meu frigorífico não tem um limoeiro dentro, nem pare cenas, pergunto-lhe: que limões são estes?

- Foi a minha mãe que mandou quando lá fui há dias.

- Ahhhhhh (como se eu já não soubesse), mas ela acha que eu como limões à dentada ao pequeno almoço? Olha, vê lá se, quando lá voltares, trazes açúcar, para fazer umas caipirinhas. Ou isso ou começo-te a fazer sopinha de limão.

Pandora em modo bitch! 

E agora, o que fazer quando a sogra dá limões, não uma, mas DUAS vezes?! 

 

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pela estória de:

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D