Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estórias na Caixa de Pandora

Estórias na Caixa de Pandora

09
Nov16

Pandora, a gordurosa!

Enquanto aguardava pela minha vez na consulta com a nutricionista, dava uma voltinha pela loja de produtos naturais. Trouxe uns rebuçados de propólis, sem açúcar, ótimos para o meu estado gripal, já que tem propriedades antibióticas e antiinflamatórias, entre outras (consultar Wikipédia), e depois dei de caras com umas latinhas de um creme à base de óleo de argão e manteiga de karité. Curiosa, perguntei à menina da loja quais eram as indicações de tal creme. 

Ah é muito bom para as peles secas, cieiro, pele gretada, então agora com o frio e as constipações... Nisto aponto para o meu nariz, com a pele seca, gretada, a estalar, qual pele crocante de leitão assado. E ela aproveita e dá o remate final: olhe, para isso é excelente, tem aí o tester.

Abro a latinha tester e vai de enfiar o dedo lá dentro e começar a besuntar o nariz. E diz ela: é só preciso um bocadinho, isso é muito.

Tarde demais. Já Pandora estava em modo bolo de bacalhau encharcado em óleo. Tenho para mim que se abrissem um ovo no meu nariz, ele estrelava. 

Adiante, lá fui massajando, espalhando, e acabei por ir à casa de banho tirar o excesso. Mas uma coisa é certa: assim que é absorvido pela pele, maravilha das maravilhas. Pela primeira vez nestes dias não senti a pele do nariz a repuxar, a arder, a estalar. Não. Estava suave e delicada, como o rabinho de um bebé.

Apesar da minha gafe de ir com muita sede à latinha, acabei a trazer uma para casa. E já sei: é só um bocadinho!

A pequena maravilha:

 

 

 

09
Nov16

Eu não preciso de mais um casaco de inverno, eu não preciso de mais um casaco de inverno...

5804240550_2_4_1.jpg

 

5804240550_1_1_1.jpg

 

5804240550_2_3_1.jpg

Repeti eu, qual mantra de pelintra a resistir à tentação do demo, quando vi um sobretudo tão lindinho na nova coleção. Até ao dia em que vejo que o desgraçado está em promoção. Damn it! Assim não dá!

Pandora tem um sobretudo verde caqui tão lindinho. 25,95€, na Stradivarius

Em minha defesa: estou gripada, preciso de agasalhos. 

 

09
Nov16

O pior é que não me surpreende

Ontem tomei um banho bem quente, bebi chá de limão, tomei o anti-histamínico e adormeci no séc. XXI. 

Hoje creio ter acordado na Idade Média.

Trump é eleito, senhores, isto até é ridículo de se dizer, eleito (poder dado ao povo para votar no seu representante) presidente dos USA e, por consequência, líder mundial de uma superpotência económica e militar.

E eu, que raramente me meto em debates políticos, ainda que mantivesse uma esperança remota de não assistir a esta realidade, lá ia dizendo que não me admiraria que Trump ganhasse, já que ele personifica o cidadão americano burro, xenófobo, acéfalo, bruto, de um patriotismo cego pelas armas e poder bélico. E pelos vistos não me enganei. E caramba, como eu gostava de estar redondamente enganada. 

Mas o que ainda me surpreende mais é como é que o povo (eleitor) americano, depois de um presidente fenomenal como Obama, um humanista inteligente, carismático, que procurou melhorar a vida dos seus cidadãos, procurando corrigir as desigualdades sociais e garantir-lhes os seus direitos naturais, que promoveu a paz no mundo, usou o poder do diálogo em negociações de paz, como, pergunto-me como é possível este povo, depois de ter tido um iluminista como presidente, escolher um homem das cavernas para seu sucessor? Os americanos gostam de chafurdar na trampa, não gostam? E arrastar o resto do mundo. 

 

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pela estória de:

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D