Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estórias na Caixa de Pandora

Estórias na Caixa de Pandora

05
Jan24

Pequenas notas

Amanhã é a festa de "natal" da escola de dança. Convívio de reis, uma vez que não foi possível realizar em dezembro. 

Amanhã vamos novamente apresentar a coreografia que ensaiámos para a festa de fim de ano letivo (em julho). Os ensaios têm corrido bem, exceto o de ontem. O último ensaio antes da apresentação foi um desastre. Tudo correu mal. Estava desconfortável nos sapatos de salto, calquei-me a mim própria, enganava-me ou enganava-se o meu par e eu bloqueava, não conseguindo retomar a sequência. 

E eu, eu não ando muito bem. Autoestima em baixo, a sentir-me um ogro, o que ontem teve impacto na forma como dançava, sem brilho, sem paixão, sem leveza. 

Começa em mim. Eu sei. Tenho de fazer as pazes ao espelho comigo, com a minha imagem refletida, cá dentro de mim. Encontrar novamente o meu brilho. E dançar com leveza, a mesma leveza que procuro para viver os dias.

Ainda tenho aqui na minha mochila umas pedras para largar. Registada a nota de consciência.

Quanto à coreografia, dizem os gurus das artes performativas que é mesmo assim, o último ensaio antes da apresentação é o que corre tudo mal para depois correr bem. Que assim seja.

 

 

04
Jan24

Carta ao novo ano

Olá 2024,

Vejo-te chegar. A euforia à minha volta contrasta um pouco com a serenidade que sinto dentro de mim. 

É momento de respirar fundo, ganhar novo fôlego. É momento de refletir, interiorizar. É momento para deixar ir o que já não faz sentido e ganhar espaço para o novo que há-de chegar.

Agradeço por todos os anos e aprendizagens que me trouxeram até aqui, tudo é importante e faz parte da minha história. Tudo o que aconteceu, aconteceu para minha aprendizagem e evolução. Crescer dói.

Liberto-me dos pesos, mágoas e frustrações vividas ao longo do tempo, dou espaço à serenidade, sabedoria e maturidade. Converto a dor em sabedoria, a raiva em força. 

Encerro todas as histórias inacabadas, situações mal resolvidas e as experiências mal digeridas do passado. É hora de dizer basta àquilo que não faz mais sentido na minha vida.

Agora, eu despeço-me de tudo o que já passou. 

Agora, eu permito-me que as minhas dores e feridas cicatrizem. Agora esvazio a minha mochila de tudo o que pesa e não me pertence. 

Agora, paro de comparar-me porque eu sou um ser único. E sou maravilhosa, tal como sou. Com luz e sombra. Com amor e humanidade, com coragem e força. Vulnerável. 

A partir de agora, sigo mais leve, mais livre e mais feliz.

2024, estou pronta para viver cada um dos teus dias com tudo aquilo que sou. 

 

Pág. 4/4

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pela estória de:

Blog Afiliado

Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2023
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D