Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estórias na Caixa de Pandora

Estórias na Caixa de Pandora

12
Dez16

Mudança

Tinha marcado coloração na cabeleireira há duas semanas. A ideia era apenas pintar, na cor habitual. Não cortei, ainda, porque o corte que fiz em outubro ainda está ótimo. Quanto à cor, a cabeleireira desafiou-me a pintar num vermelho mais vivo. E eu alinhei. Porque não? Vamos lá mudar o visual. 

Portanto neste momento sou uma espécie de Jessica Rabbit: cabelo e anca como ela tenho, falta-me tudo o resto. 

Passei de um tom mais escuro, caju, assim para um vermelhão. E estou a adorar! Este ano dispenso usar gorro de pai natal. 

 

11
Nov16

Alguém que use Yves Rocher?!

Sou fã de Yves Rocher. Tenho duas amigas e uma colega de trabalho que vendem, pelo que não me falta oferta para comprar. E lá ando eu sempre à espreita nos novos catálogos a ver promoções e novidades.

Já sou fiel a alguns produtos. 

25812.jpg

Eaux de Toilette Noz de Coco. Amo. É o meu cheiro de eleição. Só o troco no verão pelo perfume de Monöi, também da Yves Rocher. Já experimentei outros aromas, mas o de coco é o meu preferido e uso-o no dia a dia. A repor stock antes que acabe, porque não me imagino com outro perfume. 

 

86558_94.jpg

BB Cream 6 em 1.  É perfeito. Para mim, claro. Já experimentei outros, mas este é o que mais gostei e acabei por fidelizar. Já nem procuro outros, porque se me sinto muito bem com este, para quê mudar? 

 

14520_3.jpg

Com alguma frequência compro este creme. Não o uso ininterruptamente, mas vou alternando com outros cremes que (teimosa e curiosa) vou experimentando. Este tem a vantagem de poder ser usado de dia e de noite, o que o torna ótimo para as férias/viagens, quando uma pessoa tenta minimizar os produtos a levar na bagagem. Tem uma textura leve, absorve muito bem e deixa a pele suave, luminosa. Adoro! 

 

Depois, conforme o que vou precisando e consoante as promoções do catálogo do momento, volta e meia lá vou experimentando novos produtos. E eis que estou muito tentada a experimentar a gama para cabelos, aproveitando promoções, claro, mais especificamente os amaciadores para caracóis e para proteção de cor.

07703_70.jpg

 67421_70.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Alguém que já tenha experimentado esta gama capilar da Yves Rocher? Opiniões, recomendações, experiências, partilhem comigo. 

Ainda não fiz a encomenda porque estou indecisa se também incluo os amaciadores ou não, se também  junto os champôs ou deixo para uma próxima. Ai, dúvidas, dúvidas. 

 

 

09
Nov16

Pandora, a gordurosa!

Enquanto aguardava pela minha vez na consulta com a nutricionista, dava uma voltinha pela loja de produtos naturais. Trouxe uns rebuçados de propólis, sem açúcar, ótimos para o meu estado gripal, já que tem propriedades antibióticas e antiinflamatórias, entre outras (consultar Wikipédia), e depois dei de caras com umas latinhas de um creme à base de óleo de argão e manteiga de karité. Curiosa, perguntei à menina da loja quais eram as indicações de tal creme. 

Ah é muito bom para as peles secas, cieiro, pele gretada, então agora com o frio e as constipações... Nisto aponto para o meu nariz, com a pele seca, gretada, a estalar, qual pele crocante de leitão assado. E ela aproveita e dá o remate final: olhe, para isso é excelente, tem aí o tester.

Abro a latinha tester e vai de enfiar o dedo lá dentro e começar a besuntar o nariz. E diz ela: é só preciso um bocadinho, isso é muito.

Tarde demais. Já Pandora estava em modo bolo de bacalhau encharcado em óleo. Tenho para mim que se abrissem um ovo no meu nariz, ele estrelava. 

Adiante, lá fui massajando, espalhando, e acabei por ir à casa de banho tirar o excesso. Mas uma coisa é certa: assim que é absorvido pela pele, maravilha das maravilhas. Pela primeira vez nestes dias não senti a pele do nariz a repuxar, a arder, a estalar. Não. Estava suave e delicada, como o rabinho de um bebé.

Apesar da minha gafe de ir com muita sede à latinha, acabei a trazer uma para casa. E já sei: é só um bocadinho!

A pequena maravilha:

 

 

 

04
Set16

New red

Já tinha dito aqui que havia uma nova marca de coloração vegetal que eu queria experimentar. Este fim de semana chegou a oportunidade.

A cor que tinha ainda estava boa, as raízes não destoavam assim tanto, até porque para evitar isso escolho sempre coloração com base na minha cor natural. O problema é que os brancos nascem, e eu andava aqui com um ninho de pequeninos brancos bem na frente, a fazer de mim um projeto a Cruela De Vil. Pois que aproveitei a ida à consulta na nutricionista, e trouxe da loja a nova coloração para fazer.

IMG_20160902_221253.jpg

 Foi a minha primeira vez com esta marca. A textura é fenomenal. Muito cremosa, mas muito muito cremosa. Não escorre, pelo que apliquei muito bem, sem escorrer ou salpicar a parede ou o espelho ou o chão. Parecia que estava a aplicar máscara no cabelo. Tempo de atuação 20 minutos. As outras costuma ser mais tempo. O champô e condicionador que vem na embalagem (da mesma marca) são espetaculares, tanto que vou comprar com toda a certeza na próxima vez que voltar à loja. A cor ficou exatamente o que eu pretendia, zero brancos (adeus projeto Cruela De Vil) e o cabelo bem brilhante e sedoso. Só resta ver como se aguenta a cor ao longo das lavagens, mas para já, estou totalmente satisfeita e é, sem sombra de dúvidas, mais uma boa marca nas colorações vegetais.

Em comum com as outras marcas que já experimentei: não deixa a pele manchada, basta lavar normalmente com gel de banho que sai sem ficar manchas; não irrita couro cabeludo; deixa o cabelo muito hidratado e brilhante; a cor é muito natural e bonita; não mancha toalhas, vão a lavar normalmente e não ficam com nódoas. Só fica a testar a durabilidade, mas se for como as outras, aguenta muito bem a cor, pena são os brancos que me aparecem antes do que seria desejável.

Como em equipa vencedora não se mexe, eu cá vou continuar nas colorações vegetais porque, para mim, só tem vantagens. E agora com três marcas à disposição para escolher e ir alternando, conforme me apetecer, não tenho mesmo vontade nem curiosidade de andar a experimentar outro tipo de coloração. 

 

26
Jul16

Em equipa vencedora não se mexe!

IMG_20160724_194602.jpg

Antes não era tão arrojada a experimentar cenas no cabelo. Ir cortar era sempre um drama, domar a juba encaracolada era um drama ainda maior, experimentar cortes diferentes era coisa que me arrepiava a espinha, enfim... era uma "não me toques" no cabelo.

Até ao dia que fiz um corte radical curto e passei a amar os caracóis (já que não os conseguia domar, dei-lhes alguma liberdade). Depois vieram as primeiras brancas, e aí não dramatizei. Vai madeixas mesmo. E vermelhas. Logo. E a seguir achei que madeixas era coisa que dava trabalho e eu sempre tive pouca paciência para horas na cabeleireira, pintei tudo de uma cor. E como não tencionava andar todos os meses na cabeleireira a pintar, comecei a fazer coloração em casa. E fui experimentando várias marcas, variando os tons, sempre dentro da base castanha com reflexos vermelhos, e fui vendo o que ia ficando melhor, que tipo de produtos o meu cabelo gostava mais. No meio disto tudo, voltei a deixar crescer o cabelo, um cabelão enorme, ondas revoltas, até que a depressão me enfraqueceu tanto o cabelo que voltei aos curtos. Fiz o bob e apaixonei-me. Nos últimos anos, com pequenas variações, é o meu corte de eleição. E os tons mais caju no inverno, mais vermelhos no verão. E descobri as colorações vegetais à base de henna e rendi-me. Fui experimentando outras, sem amoníaco, volta e meia pintava na cabeleireira. Mas a verdade é que a coloração à base de henna é a que melhor resulta no meu cabelo. Hidrata-o bastante, a cor fica muito natural, dura, sem dramas, dois meses, é menos agressiva para o meu cabelo, e sai bem mais em conta.

Posto isto, e depois de algumas colorações na cabeleireira, outras profissionais compradas em lojas da especialidade, decidi regressar à minha henna e o resultado é maravilhoso.

Cortei e pintei em inicío de Junho. Tinha o cabelo seco, sem brilho, a cor bastante desbotada e o raio das brancas já a brilharem. No domingo apliquei a coloração de henna, e o cabelo ressuscitou. Está brilhante, extra macio, com um toque sedoso, super leve. 

Dá trabalho pintar em casa, é sempre mais prático alguém tratar disso por nós. Demora o seu tempo, mas prefiro essa demora em casa do que no salão, suja um pouco, embora com a prática nos tornemos exímias, mas o resultado é francamente superior e depois de já ter experimentado tanta coisa, regressei, de vez, à coloração vegetal. 

A marca que por norma uso é a Herbatint, o preço varia entre os 8,50€ e os 10€, depende do local de venda, de promoções, e para cabelos curtos uma embalagem dá para 2 aplicações. No inverno aposto na cor 5M, castanho claro caju, no verão na cor FF1 henna red. Na semana passada ia para comprar esta última mas não estava disponível. Em alternativa, tinha a marca Henna Plus, que também já tinha experimentado. É um pouco mais cara. Esta embalagem custou 15,50€ e traz menos produto, pelo que só dá mesmo para uma aplicação. Mas o resultado compensa o custo extra, e, da minha já experiência, sei que a cor vai durar mais, o cabelo fica hidratado por mais tempo, com aspeto saudável, brilhante e sedoso, portanto, investimento mais que justificado. 

Entretanto, e na linha da coloração vegetal, está debaixo de olho esta marca, já disponível na loja onde costumo comprar estes produtos. O preço ronda os 11€, o feedback das clientes da loja tem sido positivo, só ainda não foi desta porque a palete de tons disponíveis é mais restrita e o vermelho mais aberto que eu pretendia não existe. Mas o castanho caju do meu coração existe, e está na mira para daqui a uns meses.

Agora é aproveitar o verão e exibir um bonito vermelho brilhante no cabelo. Assim ninguém repara na celulite. 

30
Jun16

Queria uma coisa, trouxe outra!

Ontem, aproveitei que ia deixar o carro no estacionamento do centro comercial, para ir a uma consulta, e dei um giro por lá. Ora, entrei na Stradivarius, dei a volta à loja (literalmente, percorri o perímetro) e saí. Que confusão. É que se já ia com pouca vontade de meter o nariz nos montes de roupa, in loco, a ver-me no meio do caos em forma de trapos, mais vontade deu de regressar de imediato ao lado de fora da loja.

A única coisa que pretendia mesmo comprar era um protetor solar para o cabelo, e tinha em vista um da Boticário. Lá vou eu. Loja arrumadinha, vazia, na paz. Procurei o dito protetor solar e vem a menina, toda simpática, disponibilizar ajuda. Disse o que queria e ela mostrou-me.

Olhei para o preço, em promoção, e sorri, já toda contente pela pechincha que estava prestes a comprar. Mas eis que a moça me diz: ah, mas a menina pinta o cabelo, o mais indicado seria este, que tem proteção de cor, ajuda a proteger a cor, prevenindo que desbote com a exposição ao sol e à água do mar, além de que deixa o cabelo hidratado e brilhante.

Pronto! Fui apanhada pelos argumentos. Este seria o produto ideal para o meu cabelo, e confiei. Não estava em promoção, pelo que me custou o dobro do outro. Mas vá, a embalagem também é maior. E como confio na marca, acredito que trouxe o produto mais adequado ao meu cabelo. 

 

A ideia era ir aos saldos. Era!

 

  

26
Abr16

Uma fabulosa descoberta

Graças à Cindy e a este seu post descobri este maravilhoso site espanhol, Primor

Ora, quando abri e comecei a explorar o site ia ficando boquiaberta. Abri logo conta e comecei a colocar os artigos que gostava na lista de desejos. Quando dei conta, a lista era imensa.

Andei dias a explorar todas as áreas, a comparar preços, artigos. Fiquei rendida. Verdade. A minha primeira encomenda mostra como fiquei, deveras, rendida.

P1010032.JPG

Champô e condicionador de coco. Já usei esta gama e estava maravilhada, até ao dia em que a loja de produtos naturais em que a comprava me disse que a marca tinha descontinuado os artigos. Fiquei muito triste, pois adorava este champô de coco. Quando o vi disponível na Primor, ainda por cima a 1,99€, confesso que rejubilei e foi logo o que decidi encomendar. Champô e amaciador, a 1,99€ cada. Depois vi este pote de 1 kg de máscara de argão. O argão é um dos nutrientes que melhor resulta no meu cabelo seco, portanto, não me fiz rogada, e cá está ela por 3,99€. Tenho máscara para mais de um ano.

P1010036.JPG

Outros três produtos que encomendei foram: este creme regenerador de noite de rosa mosqueta, por 4,99€, o óleo 100% de rosa mosqueta, por 6,95€ e o óleo de argão por 2,99€.

Ora rosa mosqueta já usei quando andei numa fase de procurar produtos de cosmética mais na linha do natural. Cheguei a comprar, quase a peso de ouro, um vidrinho de óleo de rosa mosqueta puro e aquilo é um potente hidratante e regenerador da pele. Quando vi o creme e o óleo puro, ainda mais com tão bom preço, não me fiz rogada e vai de colocar no carrinho de compras. 

Para fechar a primeira compra, mandei vir o óleo de argão, em frasco vaporizador, para usar como hidratante de pontas no cabelo.  

Produtos que não testam em animais, livres de parabenos, à base de extratos naturais. E eu que já experimentei produtos de cosmética com estas características, e adorei, deixei de os usar pela dificuldade em encontrar local de venda com alguma oferta e preço. Encontrar neste site, com variedade de escolha e preços acessíveis foi música para os meus ouvidos.

P1010041.JPG

De miminho veio aquele vidrinho com tampa de Hello Kitty, uma sombra em tom cinza que me parece muito bonita para uma maquilhagem mais caprichada, noturna. Ainda não experimentei, não posso dizer muito.

E cá está, primeira encomenda feita, paguei com paypal, fia a encomenda numa sexta à noite, na quinta entregaram. Tudo muito bem acondicionado na caixa, tudo impecável. Adorei. 

Estou fã e olho para a minha lista de produtos favoritos e é longa, entre cremes, champôs que gostaria de experimentar, de futuro esperam-me várias encomendas. E perfumes? Sim, perfumes de perfumaria, não são os de marca branca. Estive a ver os de homem da Hugo Boss, marca de eleição do homem, e compensa bem encomendar da Primor em vez de ir ali à perfumaria do shopping.

Portanto, ao longo do tempo, e conforme for precisando, pois é ali que vou fazer compras, já que tem uma vasta variedade de escolha e preço, oh os preços! Encontramos marcas que conhecemos dos supermercados, ou da perfumaria, ou da farmácia, ou de lojas de artigos profissionais, e a comparar os preços, uma larga maioria chega a ser 50% mais barato que cá. Compensa, sem sombra de dúvida. 

Resta-me agradecer à Cindy pela partilha desta pequena maravilha. Eu estou fã e cliente assumida. 

 

11
Fev16

Coloração de cabelo

As minhas últimas colorações foram na cabeleireira. Como fui cortar, aproveitei e tratei logo de pintar também. 

Acontece que o meu último corte foi um bom corte, que sim, já cresceu uns bons 2 cms ou mais, a julgar pelo tamanho da raíz, mas o corte está impecável sem precisar de retoques. A cor é que precisa de ser retocada, já se notam as raízes, o tom está mais esbatido, e as malditas brancas a aparecerem. Surgiu a questão: ir à cabeleireira só pintar, ou pintar em casa e daqui a dois meses ir retocar o corte, aproveitando para nova coloração?

Pintar em casa não é novidade para mim, e tendo o cabelo curto, a tarefa está-me facilitada. Podia optar por comprar uma coloração profissional à venda nas lojas da especialidade, tratar da coisa em casa, e poupar uns trocos (e tempo, que desperdiçar uma manhã no salão é coisa para me arrepiar os nervos). Então fui à Pluricosmética ver as colorações e preços. Primeiro critério: coloração sem amoníaco. Duas marcas disponíveis: a Inoa da L'oreal, que é a que escolho em cabeleireiras, e a Life Color da Farmavita. A Inoa é mais cara, só dá para uma utilização. A Life Color sai mais em conta, dá para duas utilizações, e tem a grande vantagem de ter na sua composição óleo de argão, o que é um mimo para o meu cabelo seco.

Escolha feita:

Tubo de tinta e garrafinha de oxidante, ficou em cerca de 11€ (mais uns cêntimos), sendo que dá para duas utilizações. Tom escolhido: 5.5, o castanho avermelhado, muito próximo do 5.4 da imagem abaixo.

Este fim de semana vou tratar da coloração e depois venho contar-vos o que achei. 

Entretanto, e felizmente tive um excelente atendimento, foi-me recomendada a máscara de cor, da Farmavita, que não só reaviva a cor entre colorações, podendo espaçar mais o tempo entre uma e outra, como também nutre e hidrata o cabelo, já que também tem na sua composição óleo de argão, um mimo para os cabelos (eu sei que já disse, mas pela experiência que tenho, é o nutriente que melhor funciona na hidratação do meu cabelo). A dita estava em promoção. 5,95€. Não a trouxe (burra), mas já me ficou na ideia ir buscar a intense red para aplicar duas semanas depois da coloração.

A comprovar o que foi me foi indicado, posso espaçar as colorações, tratar do cabelo em casa e assim poupar tempo e dinheiro em idas à cabeleireira. Só vantagens!

Alguém já experimentou estes produtos? 

 

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pela estória de:

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D