Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Estórias na Caixa de Pandora

Estórias na Caixa de Pandora

28
Abr19

Abril, páginas mil!

Antes de mais, um minuto de silêncio. Não sei quanto tempo vou ter de esperar pelo próximo (e espero que o haja) volume desta incrível e viciante saga Sebastian Bergman.

Eu avisei que antes de abril acabar eu teria lido o 4º e5º volumes

Não me lembro de ter um mês assim tão produtivo em leituras. Dois livros, mais de mil páginas, assim devoradas. Eu começava logo pela manhã, enquanto tomava o pequeno almoço. Mal podia, e lá ia eu porque queria saber mais, avançar mais, descobrir mais e mais, e ser constantemente surpreendida. 

Não vou falar muito de cada um dos livros. Cliquem nas respetivas imagens, terão a sinopse e comentários deixados por outros leitores. E não vou falar porque estou tão intensamente apaixonada e viciada nesta saga que facilmente cairia nos mal fadados spoilers. 

Para quem gosta de thrillers, para quem gosta de enredos surpreendentes, de um protagonista antagónico, anti-herói, que tem tanto de mente genial como de calculista e repugnante, um psicólogo profiler) com tantos traumas e questões mal resolvidas dentro de si, com a vida sempre em permanente desafio com os outros (e consigo próprio), mas que consegue manter (sempre que necessário) a cabeça fria, em plena engrenagem para se superar a si próprio e aos criminosos que traça e estuda o perfil, criminosos meticulosos, inteligentes, vis. Para quem gosta de ingredientes desta estirpe, então que não hesite e comece a ler a saga

Recomendo que sigam os volumes pela sua ordem, pois a par das investigações criminais que encetam a ação de cada volume, há o desenvolvimento e evolução das personagens/protagonistas, nas suas vidas, nas suas escolhas, nos seus segredos escondidos. 

Cada volume supera o anterior.

A Menina Silenciosa começa com um brutal crime, arrepiante, angustiante, e todo o seu desenvolvimento na investigação é um verdadeiro desafio a Sebastian, já que tem de se confrontar com os seus fantasmas do passado.

O Castigo dos Ignorantes debruça-se sobre um tema tão atual, que nos faz pensar em que raio de mundo vivemos e quais são as prioridades das pessoas e da sociedade? Já o assassino supera todos os anteriores que Sebastian Bergman enfrentou. 

Ambos viciantes da primeira à última página.

Agora vou ali sofrer um bocadinho e fazer figas para que um sexto volume esteja a caminho. 

 

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pela estória de:

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D