Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estórias na Caixa de Pandora

Estórias na Caixa de Pandora

23
Dez18

FELIZ NATAL!!!!

As últimas semanas foram intensas. Ter em cima dos ombros a responsabilidade de organizar uma festa de natal para crianças (e pais), um jantar de natal e animações várias para cerca de 200 pessoas, é cansativo física e emocionalmente. Foram semanas com horários absurdos, poucas horas de sono, muito cansaço, muita ansiedade e nervoso miudinho. Foram semanas em que nada li, nem blogs (o meu Feedly tem quase 200 posts não lidos, medo!), muito menos o livro que me começou a encantar. Foram semanas em que desenrascava refeições e muitas foram mesmo só sopa que não havia tempo para mais (e às horas que chegava a casa, também não ia comer outra coisa que não uma sopa reconfortante).

Os fins de semana não eram para descanso, eram para os "jantares" de natal que começaram... e eu clamava pelo meu sofá e pela minha manta, mas não, ala enfrentar o frio, vencer o cansaço e ir conviver e "natalar".

Mas, aparte tudo isto, este ano fui Mãe Natal (logo eu que não gosto lá muito do Natal), e embrenhei-me numa missão tão aparentemente simples como: fazer sorrir os outros, proporcionar-lhes momentos de diversão, descontração e cumplicidade. Vivi um pequeno momento mágico, em que o tempo ficou suspenso e uma voz doce (Ni Fernandes) me (nos, miúdos e graúdos) lembrou de três palavrinhas mágicas que devemos usar durante todo o ano (e não só no Natal): obrigada, desculpa e gosto muito de ti.
Creio ter cumprido a minha missão, e para isso tive a ajuda dos colegas que, tal como eu, faziam parte da "comissão de festas" e abraçaram este projeto, e onde encontrei pessoas extraordinárias. Vivi tudo isto de alma e coração. E rejubilei cá dentro com os sorrisos à minha volta, com o ambiente descontraído, de partilha, diversão e cumplicidade.

Para+ser+grande+sê+inteiro.+Nada+teu+exagera+ou+e

É isto. É tão isto: ponho quanto sou no mínimo que faço. E sinto tudo com uma intensidade bravia, que tem tanto de bom como de mau. Porque preciso de pouco, muito pouco para me sentir feliz. Mas quando dói, dói muito. Dói demais.

Cheguei ao fim desta jornada com aquela sensação bestial de missão cumprida! É maravilhoso sentir que contribui para que outras pessoas vivessem momentos de alegria e sorrissem. Caramba, valeu a pena todo o cansaço.

Agora, vou aproveitar para fazer uso das três palavrinhas mágicas:
Obrigada a todos os que estiverem comigo, nos risos e nas lágrimas, nas festas e nas tristezas. Agradeço o privilégio de me ter cruzado com pessoas verdadeiramente inspiradoras. Algumas, por circunstâncias da vida, foram ficando pelo caminho, mas fazem parte do que sou, porque me ajudaram a ser maior. Outras continuam a acompanhar-me nesta viagem que é a vida. E ainda há as que vão surgindo e surpreendendo, e se vão juntando às "minhas pessoas especiais". 


Desculpa quando erro, falho, quando não estou à altura das expectativas, quando deixo muitas vezes a falta de tempo ser a desculpa fácil para não estar mais próxima ou procurar mais os amigos, apesar de tantas vezes me lembrar que devia ligar, enviar uma mensagem, um simples "olá, como estás?". E adio sempre para quando tiver "mais tempo". Quando me zango e parece que o mundo vem abaixo. Quando cedo ao stress, à ansiedade e ao medo. Quando me isolo porque não quero ninguém perto de mim quando estou frágil e quebrada.


E, por fim, gosto muito de ti (vocês), e acredito que as "minhas pessoas especiais" sabem bem o quanto gosto delas, apesar das minhas falhas, quando há um abraço, é profundamente sentido. E tento, mas tento mesmo não deixar um "gosto de ti" por dizer.

 

maenatal.jpg

E aqui, como a Mãe Natal que fui este ano, desejo-vos um Feliz Natal! Com momentos de inspiração, que vos aconcheguem a alma e aqueçam o coração.

Para 2019, levem estas palavrinhas mágicas. E façam dos vossos dias oportunidades para serem felizes e fazerem alguém feliz!

 

P.S. Amigo do Pai Natal Secreto, a prendinha chegou bem e gostei muito. Desculpa não ter dito nada mais cedo (falta de tempo). Obrigada pelo carinho e pelos miminhos. 

IMG_20181210_185609.jpg

Os chocolates já foram !

 

2 comentários

Comentar post

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pela estória de:

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D