Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estórias na Caixa de Pandora

Estórias na Caixa de Pandora

grandes-autores-billboard
13
Jan19

Mas só agora é que descobriram a "pólvora"? Ou inventaram a roda?

Na sexta à noite, aproveitando o serão solitário em casa, dediquei-me à leitura do Feedly para pôr em dia as leituras dos blogs.

Ora post sim, post não, em múltiplos blogs o tema era o agradecimento do dia. 

Muito bem. Decisão de ano novo, ainda não chegámos ao dia 15 de janeiro, onde por norma se dá uma amnésia das decisões de ano novo, e anda tudo a seguir um desafio de "um agradecimento por dia, não sabe o bem que lhe fazia".

Muito bonito, sim senhor. Palminhas!

Só que esta cena do agradecer todos os dias por algo eu já ouço falar há "colhões" de tempo. Aliás, também eu própria, o ano passado, comecei um bloquinho de agradecimentos e consegui chegar a meados de março (palminhas para mim, ou não)...

Eh pá, a sério... não se julguem inventores da roda. Já foi inventada há alguns milénios atrás

Pronto, era só isto.

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Pandora

    14.01.19

    Querida Alice, nada contra o desafio, como escrevi também o o fiz e consegui chegar aos três meses e pouco. É, sem dúvida, uma excelente ferramenta para refletirmos sobre os nossos dias, filtrando o bom e o menos bom. Agradecer o bom e aprender com o menos bom. 
    O meu texto vem só numa de humor negro porque é algo que não é de agora (e si, lembro-me de há uns anos se falar muito do frasco ou pote de gratidão, cuja ideia era colocar todos os dias um papelinho), e no entanto alguém despoletou por aí a febre da gratidão. Antes esse desafio que outros absurdos e que não acrescentam qualquer valor às pessoas.
    Recentemente escrevi, e foi um texto muito sentido e genuíno, sobre as três palavrinhas mágicas que nos devem acompanhar o ano todo: obrigada, desculpa e gosto muito de ti.
    O obrigada começa logo, e ainda na semana passada levei um murro no estômago (https://pandora.blogs.sapo.pt/o-privilegio-de-conhecer-pessoas-448340), pela manhã quando acordamos e estamos bem. Tão simples quanto isto. O resto? São mais valias. 
    Tenho, ultimamente, também agradecido muito à vida, por me ter feito cruzar com pessoas que me inspiraram e me ajudaram a ser melhor. 
    Este meu texto não é uma crítica ao acto de agradecer. É uma paródia à moda que se gerou nos blogs. 
    Um grande beijinho e acho que deves agradecer seres quem és. És especial. Tens uma doçura enorme dentro de ti, mesmo já tendo sofrido tantas angústias e desilusões. 
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

    Pela estória de:

    Arquivo

      1. 2019
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2018
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2017
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2016
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2015
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2014
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D