Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estórias na Caixa de Pandora

Estórias na Caixa de Pandora

13
Jan19

Mas só agora é que descobriram a "pólvora"? Ou inventaram a roda?

Na sexta à noite, aproveitando o serão solitário em casa, dediquei-me à leitura do Feedly para pôr em dia as leituras dos blogs.

Ora post sim, post não, em múltiplos blogs o tema era o agradecimento do dia. 

Muito bem. Decisão de ano novo, ainda não chegámos ao dia 15 de janeiro, onde por norma se dá uma amnésia das decisões de ano novo, e anda tudo a seguir um desafio de "um agradecimento por dia, não sabe o bem que lhe fazia".

Muito bonito, sim senhor. Palminhas!

Só que esta cena do agradecer todos os dias por algo eu já ouço falar há "colhões" de tempo. Aliás, também eu própria, o ano passado, comecei um bloquinho de agradecimentos e consegui chegar a meados de março (palminhas para mim, ou não)...

Eh pá, a sério... não se julguem inventores da roda. Já foi inventada há alguns milénios atrás

Pronto, era só isto.

 

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Pandora

    14.01.19

    A ideia em si, como disse, não é nova e é uma ferramenta usada em coaching. Não é uma questão de estar errado ou certo. Faz quem quer, a quem fizer sentido e trouxer mais valia. 
    Só quis parodiar essa moda que pegou que nem rastilho de pólvora. 
    Além do mais acho este exercício um acto íntimo. Uma reflexão intimista. Não propriamente para divulgar assim. É só a minha opinião. Vale o que vale.
  • É a tua e a minha, que o pratico há anos todos os dias e com muito bons resultados a nível pessoal!
  • Imagem de perfil

    Pandora

    15.01.19

    Quase todas as manhãs, quando reclamo do sono ou da pouca vontade de vir trabalhar, mudo logo o discurso (mental) e agradeço ter trabalho, ter de acordar cedo e enfrentar o frio porque tenho uma ocupação que me dá rendimentos. É um dos vários agradecimentos diários... 
    O ano passado tentei registar por escrito e cheguei a um ponto que não fazia sentido estar a "forçar" escrever uma coisa positiva por dia (quase como aquela obrigação que toda a gente tem de ir a uma mega festa e estar super divertido na passagem de ano). Apostei na atitude positiva do agradecimento pelo que os dias me trazem, a começar pela oportunidade de estar viva, de saúde, ter trabalho... tudo o resto é "lucro". Há dias menos bons, mais cansativos, mais esgotantes, mais stressantes. Mas também são esses dias que nos fazem apreciar os outros, os bons. 
    Acho que já deixei aqui os agradecimentos para o ano inteiro 
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

    Pela estória de:

    Arquivo

      1. 2019
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2018
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2017
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2016
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2015
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2014
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D