Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estórias na Caixa de Pandora

Estórias na Caixa de Pandora

30
Mar20

Quarentena: dia 743 (não, é só dia 13, mas parece muito mais)

- Hoje é novamente segunda feira, só o sei porque estando a trabalhar convém não me perder nos dias (abençoado trabalho que me tem mantido ativa e ocupada)

- No fim de semana mudou a hora, foi menos uma hora em casa;

- Esforcei-me para não ver notícias... nem tanto por causa das atualizações do Covid, mas porque não tenho mesmo mesmo mesmo paciência para gente estúpida e egoísta, sim, esses mesmos que se meteram à estrada para irem de férias. Ide com a puta que vos pariu, andam a gozar com a cara de quem está nesta luta pelo BEM DE TODOS. Egoístas do caralho, bem que mereciam que vos nascesse um pinheiro no cu. No dia que vos bater à porta talvez, talvez, ganhem noção da gravidade da situação e daquilo que nos é pedido para ajudar a resolver, uma merda tão simples como FICAR EM CASA. Cabeças de pila (mas bem pequenina)... Há realmente gente que se um dia precisasse de um ventilador, era logo irem ter com o Criador e expiarem os pecados, a começar pelo egoísmo. Pronto... já descarreguei! Pardon my french. Partilho o desabafo que se tornou viral e espero, sinceramente, que chegue a todos, principalmente aos que a esta altura do campeonato ainda acham que está tudo normal e tudo isto é um exagero.

- Andei em limpezas no sábado, vidros limpinhos, até brilham! Tive o cuidado de ver se chovia nos próximos dias e supostamente não ia chover. Hoje está o tempo com cara de que vai cair chuva a qualquer momento. No próximo sábado posso voltar a limpar vidros, não? Há que manter o tempo ocupado

- Gandhe como está por casa e a empresa entra em lay-off a partir do dia 1 de abril, está a fazer a lista de material necessário para... rufem os tambores... pintar a casa! Andamos só há uns 3 ou 4 anos a falar nisso. É preciso vir uma quarentena forçada para dar vontade ao homem de passar dos planos à ação. Pergunta-me que cor(es) quero. Nem se pergunta: branco. BRANCO. Paredes brancas, tetos brancos. É como está, é como quero manter. Se por um lado ergo as mãozinhas por ver este projeto a começar a tornar-se mais real, por outro estou aqui a pensar a confusão que há-de ser eu a trabalhar a partir de casa, e a casa "em pinturas". Tudo se faz. Tempo não falta...assim como assim não se pode sair de casa. Ou pelo menos nós fazemos parte daqueles que estão a fazer que é recomendado pelas autoridades de saúde para combater esta pandemia. Verdade seja dita, e este exercício aplica-se a todos nós: quantos projetos têm para desenvolver em casa e nunca os puseram em prática porque não há tempo, depois também não querem "queimar" férias a fazer isso, etc? De certeza que uma grande parte de nós tem várias bricolages, arranjos, mudanças, reorganização, etc, para fazer em casa e vai adiando porque falta tempo e disponibilidade. Eis a oportunidade. Mãos à obra que, por este andar, chegamos a junho ainda de quarentena (sim, não se iludam que podemos sair antes de casa em segurança).

Por aqui começa-se mais uma semana de trabalho a partir de casa. E ao 13º dia há rotinas que já parecem mais normais. Ou menos estranhas.

 

5 comentários

Comentar post

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pela estória de:

Blog Afiliado

Sugestões

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D