Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estórias na Caixa de Pandora

Estórias na Caixa de Pandora

05
Mar19

Passar ou não passar...

Por norma quando compro roupa, antes de a usar, lavo-a. Manias. 

Por norma, a exceção é com casacos, até porque, por norma, não estão em contacto direto com a pele, e, por norma, casacos de inverno, sobretudos, trench coats, anoraque de penas, segue tudo para a lavandaria em final de estação. Assim como assim, também não sou daquelas que tem um arsenal de casacos de todas as cores e feitios.

Ora, semana passada comprei um clássico (dos clássicos) que, pasmem-se as fashionistas, eu não tinha: um trench coat bege. Ou melhor, ter até tenho, mas é um modelo curto, que fica bem com calças e eu ultimamente tenho usado e abusado dos vestidos, pelo que, com a meia estação à porta, senti falta do clássico em tamanho médio. Modelito escolhido, porque sou pelintra, o da Stradivarius, por 29,99€.

trench-coat.jpg

Pois que não o lavei, não senhor, mas passei-o a ferro para lhe dar ali um jeitinho. 

Pior a emenda que o soneto, bastou vesti-lo e sentar-me no carro para ficar com a retaguarda do modelito aos vincos numa questão de minutos.

Ora PQP!! Para isto tinha ficado quietinha com o ferro... 

 

Agora venham-me cá dizer que ah e tal compraste barato agora aguenta. Pois, se a Burburry me patrocinasse um modelito, eu não ia dizer que não. É que o saldo da minha conta bancária dá para ir à Stradivarius, e vamos com sorte. 

 

 

23
Ago16

Em busca do galheteiro perfeito

Os dramas de uma dona de casa à bulha com o azeite.

De há uns tempos para cá tenho comprado azeite em garrafão. Sai mais barato. Acontece que não é tão prático dosear o azeite ou levar à mesa no garrafão, pelo que comprei galheteiro. Mas já perdi a conta aos galheteiros que fui comprando, porque todos eles escorrem o azeite para fora, é uma porcaria pegada. 

Em desespero de causa, lanço o repto: há algum modelo de galheteiro que seja mesmo anti-gota, que não fique ali a escorrer azeite bordas fora?! 

 

16
Mar16

Pandora em modo escrava do lar!

Há dias assim, que uma pessoa (ou mulher vá) se sente a Isaura* do pequeno burgo. Hoje foi o dia. Saio do trabalho, passo no supermercado, chego a casa, preparo o jantar, e uns muffins que vi receita no facebook, e janto, e lavo a loiça, e arrumo a cozinha, e lavo o chão da cozinha, que isto de ter quatro gatos é muito cutxi, mas dá trabalho, que dá, e compensa, mas há dias que só apetece atirar com a esfregona à cara de um certo espécie masculino, que se acha muito cansado para mexer um palito que seja. 

Agora a Isaura Pandora vai ao banho, que também merece. 

Até amanhã.

 

*Isaura, a escrava branca que a telenovela imortalizou.

 

13
Jan16

A demanda do santo forno: desfecho.

Depois da procura, com direito a episódios insólitos, eis que lá fui ao comércio tradicional, à loja do Sr. M., que já conheço há anos, desde miúda, que foi a ele que os meus pais compraram mobílias e eletrodomésticos, e também foi a ele que comprei umas quantas coisas para início de vida de "casada" no nosso T2. Em menos de meia hora tinha forno e placa escolhida, o que eu pretendia, com as características que procurava, de uma marca de confiança, e com bom preço, ainda com direito a uma "atençãozinha".

Pois que ontem foi dia de entrega e montagem. O Sr. M. atrasou-se, e já chegou depois de mim. Desmonta forno velho, desmonta placa velha, limpa zona, prepara os novos, instala os novos, verifica funcionamento, e bolas, a placa não veio com o kit para gás natural, aí vai o Sr. M. à sua loja buscar um kit, e regressa para o instalar e afinar os bicos da placa. Nesta brincadeira toda tinha a cozinha do avesso, os gatos em stress, com o Suki escondido na sala, sem meios de fazer o jantar, esfomeada, a dizer adeus à aula de ginástica, e quando finalmente estava tudo operacional eram quase 21h. 

Lá foi o homem ao restaurante caseiro e bom (e barato) buscar uns belos de uns rojões com grelos para jantarmos, e fiquei eu a adiantar a limpeza e arrumação da cozinha.

Barriguinha cheia, cozinha arrumada e chão limpo, máquina a lavar panos e passadeira da cozinha, eram 23h quando, finalmente, me enfiei no chuveiro. 

Agora estou em pulgas para pôr aquele forno a trabalhar. tem a funcionalidade de forno a lenha, que deve ser soberbo para fazer pizzas e assados, três níveis de grill, tem auto limpeza, que vá, não é que se limpe sozinho, mas tem um sistema que ajuda a remover a gordura, tem as guias telescópicas que eu tanto fazia questão, e é tão bonito... é todo preto! Pronto, isto é piada por causa da outra

Oh tão lindinho que ele é! 

 

06
Jan16

Lá vai ter de ser

Há coisa de dois meses que comentei com o Gandhe que podíamos trocar o nosso forno da cozinha. Quando comprámos o apartamento, ele já lá estava, a marca é muito boa, mas o desgraçado estava com evidentes sinais de mau trato dos anteriores proprietários. Ainda assim, já o uso há sete anos, quase oito, e vai dando para o gasto. Gandhe não só concordou como ainda disse que se podia aproveitar e trocava-se também a placa de gás, já que também está gasta, com as grelhas dos bicos enferrujadas, e alguns sinais do pouco cuidado dos antigos proprietários, que eu tentei diminuir com limpeza e cuidados, mas não faço milagres.

Ora então que o ano começa e tenho uma pequena lista de coisas a fazer/comprar para a casa este ano, e o forno e a placa são logo os primeiros itens (para o verão vem a saga de pintar paredes e tectos de todas as divisões, mas cada coisa a seu tempo). 

Ontem, como ia ter aula de ginástica, cheguei a casa, temperei um roti de peru, e deixei o homem de olho no forno enquanto o roti assava e eu ia ginasticar. 

Quando chego, o roti estava no forno há mais de uma hora, a 220º e ainda não estava assado. Pois, já tinha dito que o forno não está a funcionar bem. Nisto o Gandhe vai para aumentar a temperatura, e fica com o botão na mão.

Planos para Sábado: ir ver um forno, de preferência, conjunto com placa de gás, novo. 

Eu sei que estava nos planos, mas não era preciso ser já. Só que pronto, antes que eu chegue ao dia 15 de Janeiro e já me tenha dado um lapso de memória para os planos de ano novo, o forno deu o jeitinho de acelarar o processo.

Agora vem a parte em que apelo às boas leitoras e companheiras de blogosfera: que tipo de fornos eléctricos recomendam (sejam fáceis de limpar, pelo amor do santo frango assado)? Marcas com boa relação qualidade/preço? 

 

01
Set15

Dona de casa à beira de um ataque de nervos

Só me apetece dizer impropérios, vulgo calão do mais vernáculo que possa haver.

Problema? Roupa branca e como mantê-la branca com as lavagens. Oh pelo amor da santa brancura, que até o Oxy Action Branqueador da Vanish eu uso, e há tops que me começam a parecer mais para o cinzento do que para o branco. 

Truques e dicas para manter a roupa branca devidamente BRANCA. E já agora, milagres para branquear os tops acinzentados que ganhei com as lavagens, alguém conhece?! 

Mais vale virar gótica e vestir preto dos pés à cabeça. Hum, pensando bem, com quatro gatos é capaz de não ser boa ideia.

 

 

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pela estória de:

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D