Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estórias na Caixa de Pandora

Estórias na Caixa de Pandora

06
Jun14

Último dia antes das férias

Apetece-me chorar tamanho é o cansaço. Dói-me tanto o corpo. Cada cm de pele me dói. Ao início achei que tivesse partido o dedo, pois onde tocava doía. Mas não. Nem preciso tocar para doer. Dói-me tanto o corpo e não andei a fazer a meia maratona nem coisa que o valha. As olheiras, bem, não me admiraria se alguém me confundisse com um panda. Os olhos pesam-me. Tanto que se relaxo e paro dois minutos, adormeço. Sim, dou por mim a tombar a cabeça diante do prato da comida, por exemplo.

Eu sabia que ia ser assim. As últimas semans foram tremendas, em modo non stop, com pouco descanso e sempre em stress. O cansaço acumula até este ponto de dor física. Só que também há este cansaço emocional, mental, psicológico. Não tenho paciência ou vontade para fazer coisas que tanto gosto. Não leio, não cozinho, não consigo organizar umas quantas coisas na agenda, o que depois serve para me fazer entrar em stress, por ter de andar em contra-relógio, em cima do joelho, a pensar e a decidir coisas do dia a dia que não foram devidamente planeadas e antecipadas.

Estou exausta. Tanto que dói.

Para a semana estou de férias. Mas são férias do meu trabalho, não das explicações. Essas vão ser a doer. Sessões de 3 e 4h seguidas. Fora o trabalho em casa de preparar coisas. Tinha pensado em fazer outras coisas que normalmente não tenho tempo de fazer em casa. Não vou conseguir. Se conseguir ir cortar o cabelo (que não vê tesoura há meio ano e está que mais parece um caniche desgrenhado), já me dou por muito contente. Se conseguir relaxar um par de horas que seja, mas aquele relaxar a sério, em que desligamos do mundo, já me vou dar por felicíssima. Se conseguir descansar o corpo para esta dor desaparecer, ficarei grata aos santinhos todos. 

Hoje estou a fazer um esforço titânico para deixar a minha mesa o mais limpa possível de papéis. Quando voltar vou tentar não ter um colapso. OU então venho munida do fósforo e da lata de gasolina, just in case!

 

3 comentários

Comentar post

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pela estória de:

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D